No ano letivo anterior, as docentes responsáveis pelo projeto "1 brinquedo= 1 criança feliz" submeteram-no à 4.ª edição da "Escola Amiga da Criança" e o mesmo foi distinguido com sucesso. Assim, as docentes agradecem a colaboração, o empenho e o excelente trabalho colaborativo dos alunos, pais/encarregados de educação, pessoal docente e não docente envolvidos no projeto. Vamos continuar a submeter os nossos projetos para vermos os trabalhos dos nossos alunos valorizados.
 
 
As docentes,
Elisabete Timóteo,Graça Costa, Marlene Neves e Teresa Costa
Foto de Yan Krukov no Pexels

   

No dia 18 de novembro, entre as 11h30 e as 12h15, decorreu a atividade interativa “Escrever bem”. Esta atividade foi o resultado de um trabalho colaborativo/cooperativo entre a Coordenação e Dinamização da Biblioteca e o Clube de Informática, com vista a fomentar o gosto pela leitura e escrita, de uma forma lúdica, através do recurso às tecnologias de informação e comunicação.

Esta atividade consistiu em responder a um questionário com várias questões de como escrever em bom português, utilizando a aplicação Wordwall e envolveu dezassete alunos do 5.ºC.

A atividade interativa foi muito bem acolhida pelos alunos que a realizaram com muito interesse e empenho, para além de terem revelado um bom comportamento.

As responsáveis pela atividade:

Elisabete Timóteo (Coordenadora e Dinamizadora da Biblioteca)

Marlene Neves (monitora do Clube de Informática)

Vimos, por este meio, agradecer a colaboração e dedicação dos Lobos Voluntários na Campanha de Recolha de lentes, aros e óculos, que participaram nesta atividade, demonstrando compromisso, empenho e entrega nesta missão.

Estendemos o nosso agradecimento a todos os parceiros que se associaram a esta causa e à comunidade educativa que contribuíram com o material nos diversos pontos de recolha (Escola, Supermercado Continente e Supermercado Amanhecer).

Hoje, em representação dos Lobos Voluntários, duas alunas entregaram todo o material no Centro Comunitário Vila Viva (Estreito de Câmara de Lobos).

É gratificante testemunhar a generosidade e solidariedade de todos os que participaram.

 

A equipa Multidisciplinar, 

Maria Goreti Santos Nóbrega de Freitas

Ana Sofia Fernandes Camacho

A exposição de Halloween compreendeu o período de vinte e oito de outubro a onze de novembro e culminou com a eleição da aranha mais amorosa e a mais assustadora, tendo a entrega de prémios ocorrido na biblioteca da escola no dia doze de novembro de dois mil e vinte um. O vencedor, na categoria da aranha mais assustadora, foi o aluno número 15 do quinto C, Ricardo Javier Nunes, com cinquenta e sete votos. Na categoria da aranha mais amorosa, a vencedora foi a aluna número 3 do sexto B, Ana Francisca Serrão, com trinta e seis votos. Todos os alunos estão de Parabéns pela sua participação, criatividade e dinamismo. 

A festividade contemplou inúmeras e criativas atividades que os professores realizaram com os seus alunos, nas várias disciplinas que aderiram ao Projeto Interdisciplinar proposto pelos docentes de inglês do segundo ciclo: em Português, foram elaborados cartazes a divulgar o evento e criadas fábulas num momento de escrita criativa coletiva. As mesmas foram traduzidas para Língua Gestual Portuguesa, graças à preciosa parceria com a Encarregada de Educação de um aluno da turma quinto E (a edição dos vídeos foi efetuada pelos alunos inscritos no projeto “Educamedia”). Em Ciências Naturais foram elaboradas fichas técnicas (BI) sobre várias espécies de aranhas; em Educação Visual e Educação Visual e Tecnológica, foram criadas aranhas com recurso a lâmpadas usadas e embalagens PET; em Matemática, construíram aranhas e resolveram problemas associados à efeméride; as disciplinas de Educação Musical e de Educação Física uniram-se e criaram um coreografia sobre o tema (a disciplina de Educação Física realizou, também, jogos alusivos à festividade e Educação Musical explorou músicas diversas); em História e Geografia de Portugal, foram criadas Rosas dos Ventos em forma de teia de aranha com chapéus de chuva e mandalas sul-americanas; em Cidadania e Desenvolvimento, sensibilizou-se os alunos para o bem-estar animal (tendo sido criados vários trabalhos sobre este domínio),  foi elaborada uma feira temática de Halloween para angariação de fundos a doar a uma associação de proteção animal (venda de panquecas e sumos de fruta) e dinamizada uma sessão de informação e sensibilização subordinada ao referido tema pelo Dr. Duarte Correia (parceria com o Hospital Veterinário da Madeira-Vetmedis); em Inglês, foram decorados os espaços escolares com símbolos da festividade, selecionaram-se as aranhas das turmas a participar no concurso, explorou-se vocabulário relacionado com a festividade, recorrendo a apresentações, jogos e canções alusivas à mesma.  

Conselho da disciplina de Inglês, 2.º ciclo 

 

Ficam os links de alguns trabalhos realizados pelos alunos: 

 

 

 

No dia 09 de novembro decorreu uma palestra, direcionada para os alunos da turma B do nono ano, cujo orador foi o Dr. Francisco Cantanhede, autor de manuais de História e com inúmeras comunicações em escolas básicas e secundárias, nomeadamente sobre o “Estado Novo” e o 25 de abril de 1974.

Foram momentos de partilha pessoais sobre as vivências que percecionou durante o “Estado Novo” e as conquistas adquiridas após o 25 de abril de 1974, nomeadamente a Liberdade.

Os alunos tiveram oportunidade de colocar questões pertinentes sobre a temática e mostraram-se muito curiosos e atentos aos assuntos que foram abordados.

O Conselho de disciplina de História

O desafio vai voltar...

Este ano continuaremos a incentivar a separação e reciclagem do plástico, promovendo o desafio interturmas de recolha de tampinhas.

Com as tampinhas recolhidas no ano letivo transato, colaborámos com a campanha “Dê uma Tampa à Indiferença”, da Associação Portuguesa de Deficientes da Madeira, tendo conseguido entregar uma cadeira de rodas a um elemento da nossa Comunidade Educativa, o que contribuiu para a melhoria da sua qualidade de vida.

Vimos, deste modo, manifestar mais uma vez o nosso agradecimento a todos que colaboraram com esta iniciativa. Com um simples gesto, contribuímos para a proteção do meio ambiente e colaboramos com uma causa social.

Desafio interturmas

Como participar:

  • As tampinhas podem ser entregues num garrafão ou num saco, devendo este estar devidamente identificado (turma e ano).
  • Cada quilograma de tampinhas corresponde a uma tampinha no painel (1kg = 1 tampinha).
  • A entrega deve ser feita às quintas e sextas-feiras, no pavilhão 0, ao funcionário responsável (ficando numa caixa por baixo da escadaria até à pesagem).

Os dados da recolha serão atualizados semanalmente à terça-feira, no painel entre os pavilhões 0 e 1 e nas equipas no Teams.

 

 

Será feita a divulgação dos resultados, na página da escola na Internet, no final de cada período.

 

Atitude Eco.:

  • Entregar as tampinhas na escola ✅ 
  • Colocar as garrafas e embalagens no Ecoponto Amarelo♻️

Professoras responsáveis

Ana Maria Vieira

Cláudia Miguel

 

Informamos que estão abertas as inscrições para a aplicação da PaN que irá decorrer entre os dias 29 de novembro e 10 de dezembro

Clique aqui para aceder ao aviso de abertura.

Vamos para a última semana de mais um Outubro Rosa. E porque não “vivê-la” com a cor oficial do mês da Prevenção do Cancro da Mama, com o rosa a simbolizar a luta contra a doença? ROSA, na partilha, na sensibilização, na chamada de atenção da população, de empresas e entidades para esta tão nobre causa!

É importante falar, é importante sensibilizar, é importante prevenir, é importante ajudar, informar, abordar e alertar.

E quão significativo e prestimoso tem sido o papel das comunidades escolares, e do seu corpo vital, nesta jornada, nesta causa!

É importante falar sobre este assunto porque:

  • É o cancro mais comum na mulher portuguesa (mais de 7.000 casos em 2020), tendo impacto na pessoa diagnosticada, mas também na sua família e amigos;​
  • A taxa de sobrevivência tem aumentado, contudo, em 2020 morreram cerca de 1.864 mulheres com cancro da mama em Portugal;
  • Os estilos de vida saudáveis (alimentação saudável, prática de exercício físico) são fatores protetores do cancro da mama​;
  • A prevenção secundária salva vidas pelo que é importante continuar a sensibilizar para a adesão ao rastreio do cancro da mama;
  • A pandemia teve como efeito colateral a interrupção do rastreio do cancro da mama, acarretando graves implicações no presente e no futuro.

     

As flores representam diversos sentimentos e trazem amor, paz, tranquilidade, amizade, felicidade e alegria.

Assim, de forma a admirar as flores, mas através de um tapete, o Conselho de Disciplina de Português do 3.º Ciclo decidiu juntar-se à comemoração da “Festa da Flor”. A chefe dos funcionários, D. Delta, e a professora Cristina Vares sugeriram a ideia de aproveitar esta atividade para também assinalar a efeméride “Outubro rosa”.

Com o intuito de alertar os alunos sobre a importância do partilhar, foi solicitado aos alunos de todas as turmas do terceiro ciclo que trouxessem uma flor, pois os docentes quiseram demonstrar que o ato de partilhar pode parecer um gesto simples, mas, por vezes, difícil de concretizar. Além disso, as flores também são capazes de inspirar muitos poetas e escritores nos seus textos. Será que teremos alunos inspirados? Vamos descobrir depois.

Os alunos trouxeram as flores para a escola e foi montado um lindo tapete e um cantinho especial de flores por algumas funcionárias da nossa escola. Foi deveras salutar o convívio e o entusiasmo demonstrados naquele momento e a partilha de conhecimentos e experiências a que se assistiu. Desta forma, estamos a comemorar na nossa escola a “Festa da Flor” com o tapete e o cantinho das flores e a assinalar a efeméride “Outubro rosa” (mês internacional da prevenção de cancro da mama) com a apresentação de um laço elaborado com flores.

O conselho de disciplina de Português agradece ao conselho executivo por ter acolhido a nossa atividade, pela sua disponibilidade e atenção; a todos os alunos que cooperaram, trazendo flores; à chefe dos funcionários, D. Delta, que se dedicou e empenhou para que tudo corresse tão bem e pelas sugestões apresentadas; às funcionárias D. Idalina, D. Maria José, D. Rita, D. Ana e à D. Ermelinda pela colaboração na montagem do tapete e à funcionária, D. Graça, que se dedicou e se empenhou a cem por cento para que esta atividade resultasse tão bem.

Trabalharmos de forma colaborativa/cooperativa é, sem dúvida alguma, uma mais-valia para todos. A disponibilidade, o empenho, a troca de ideias, a partilha de conhecimentos e de experiências foram fatores primordiais para que se alcançassem os resultados almejados.

Bem hajam!

Professores responsáveis,

Docentes do conselho de disciplina de Português do 3.º ciclo

Na semana de 27 a 30 de setembro, comemorou-se, na nossa escola, o “Dia Europeu das Línguas” com algumas atividades.

Foi montada uma exposição com as bandeiras de alguns países da Europa e um cartaz alusivo à efeméride com o intuito de chamar a atenção dos alunos para a importância da comemoração deste dia. Nas turmas D e E do sétimo ano, os alunos divertiram-se ao aprender a dizer a frase “Tem um bom dia” em português, inglês, francês e alemão, as línguas estudadas na nossa escola. Colaram as tiras de papel, com as respetivas frases, nos seus cadernos diários para não se esquecerem de desejar um bom dia, em várias línguas, e uns aos outros, sempre que lhes apetecer. Como estávamos a celebrar a comemoração de um dia tão importante, alguns alunos gravaram as suas lindas vozes e desejaram um “Feliz aniversário” em português, inglês, francês, alemão, espanhol e em italiano e tentaram fazê-lo em 20 segundos.

O objetivo da atividade foi cumprido, pois celebrou-se e preservou-se a diversidade linguística como riqueza do património comum da Europa.

A professora responsável,

Graça Costa

Parceiros Institucionais