Decorreu no passado dia 4 de maio o 2.º Conselho Eco-Escolas do presente ano letivo.

Estiveram presentes na reunião representantes do órgão de gestão, do pessoal docente e não docente, dos encarregados de educação e dos alunos da nossa Escola, bem como da autarquia local.

Foram convidados para esta reunião os alunos e a Diretora de Turma da turma 6.ºB, pela sua participação em vários projetos e atividades do programa Eco-Escolas ao longo do ano.

Na reunião, foi apresentado o resultado da auditoria ambiental realizada durante o 2.º período, o Plano de Ação em vigor e um resumo das atividades desenvolvidas.

A participação ativa de muitos elementos da nossa comunidade tem sido fundamental para o alcance dos objetivos estabelecidos.

Gratos a todos pela colaboração.

Podem consultar a apresentação do Conselho Eco-Escolas aqui.

   

Professoras Responsáveis

Ana Maria Vieira

Cláudia Miguel

No âmbito da participação na 11ª edição da Campanha Escola Electrão já foram feitas na nossa escola, este ano letivo, três recolhas de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE), pela empresa Madeira Waste Recycling, num total de 2.943 kg.

Este ano participámos, pela primeira vez, no desafio Repórter Electrão, promovido pela campanha, com a criação de uma reportagem sobre a reciclagem de equipamentos elétricos e eletrónicos. A reportagem, orientada pelas coordenadoras do programa Eco-Escolas, contou com a participação de três repórteres voluntários da turma 6.º B, os alunos David Santos, Joana Abreu e Matilde Silva, que estão de parabéns pelo seu desempenho.  

Pode visualizar a reportagem clicando aqui.

A nossa escola está de parabéns, pois foi premiada pela reportagem enviada a concurso (entre 42 trabalhos enviados a nível nacional).

Informação recebida na escola

"E OS VENCEDORES SÃO...

No 2.º ciclo, o vencedor foi o trabalho da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos do Estreito de Câmara de Lobos. Fizeram um excelente trabalho de edição e análise de informação e os repórteres parecem quase profissionais."

Até ao final do mês de junho continuaremos a recolher REEE. Poderão continuar a ser entregues na escola: pilhas, lâmpadas e eletrodomésticos em fim de vida, colocando nos ecopontos existentes em vários espaços escolares. Contamos com a colaboração de todos para aumentar a quantidade de resíduos corretamente encaminhados.

 

Ecopontos REEE

Projeto Eco-Escolas

 Professoras Responsáveis

Ana Maria Vieira

Cláudia Miguel

 

Num mês dedicado ao indivíduo celíaco, no dia 16 de maio, iremos celebrar na nossa escola o Dia da Consciencialização da Doença Celíaca.

A doença celíaca (DC) não é uma moda, nem uma alergia! É uma doença CRÓNICA e AUTOIMUNE, que surge na sequência da ingestão de glúten em indivíduos geneticamente suscetíveis e que se caracteriza por atrofia das vilosidades do intestino delgado, dificultando a absorção dos nutrientes dos alimentos ingeridos.

Por sua vez, o glúten é uma proteína que está presente nos cereais: trigo, centeio e cevada.

O único tratamento conhecido e eficaz para a doença consiste numa Dieta Isenta de Glúten RIGOROSA, para toda a vida, a qual requer a eliminação destes cereais. Só assim permite que o intestino regenere por completo das lesões e o organismo recupere, traduzindo-se na diminuição dos sintomas e na melhoria do estado nutricional do celíaco de forma geral.

É uma doença rara?

Não, de acordo com o único estudo realizado em Portugal a prevalência é de cerca de 1% da população portuguesa. No entanto, ainda se revela uma doença sub-diagnosticada, estimando-se que na Europa existam 2 a 5 milhões de indivíduos não diagnosticados.

Que sintomas pode apresentar?

Pode caracterizar-se por uma grande variedade de sintomas, podendo atingir o organismo com maior ou menor severidade, ou até mesmo permanecer assintomática. Os sintomas clássicos (mais comuns em crianças) são, por exemplo: a distensão abdominal, dor abdominal, diarreia, obstipação crónica, atraso no crescimento ou irritabilidade; e os sintomas atípicos (geralmente em adultos) poderão ser infertilidade, abortamentos de repetição, anemia por deficiência de ferro, osteopenia precoce, cefaleia, depressão, entre outros.

A dieta isenta de glúten tem de ser mesmo rigorosa?

SIM! A mais ínfima quantidade de glúten que seja ingerida pode ser prejudicial, sendo que a adesão à dieta resulta na remissão de sintomas e lesões intestinais, que podem ressurgir com o não cumprimento da dieta ou por contaminações involuntárias.

O que é a contaminação cruzada?

Entende-se contaminação cruzada como a quantidade de glúten presente num alimento sem ser parte constituinte do mesmo mas adquirido. Por exemplo, durante o processo de confeção de uma massa sem glúten usar a mesma colher para mexer, que foi previamente usada para mexer a água da massa com glúten, ou usar a mesma faca que cortou o pão com e sem glúten. Ou até na partilha de uma torradeira usada para alimentos com glúten.

Para que um produto ou refeição possa ser considerada totalmente isenta de glúten, não basta que a mesma seja confecionada com ingredientes isentos de glúten, é preciso que tanto durante o armazenamento, como na confeção e no serviço, sejam observados rigorosos procedimentos que evitem qualquer possibilidade de contaminação.

Esta contaminação cruzada, de todo não desprezível, pode levar a sinais e sintomas e eventualmente a doenças e complicações graves a longo prazo.

Torna-se, assim, imprescindível a implementação de uma dieta isenta de glúten RIGOROSA E PARA TODA A VIDA!

Enviamos em anexo um folheto: “Faça um check-up ao que sabe sobre a Doença Celíaca”, da Associação Portuguesa de Celíacos, no qual poderá obter informação mais detalhada, nomeadamente como pode efetuar o rastreio da doença.

Se pretender obter mais informações sobre a doença, consulte o site da Associação Portuguesa de Celíacos em www.celiacos.org.pt/na-escola/, ou contacte diretamente: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou 217 530 193.

 

No próximo dia 16 de Maio iremos celebrar o Dia da Consciencialização da Doença Celíaca, em contexto escolar, através da leitura de contos infantis, visualização de vídeos informativos e outras atividades dirigidas às crianças.

Junte-se a nós e vista o seu educando de AZUL no dia 16 de maio!

Para comemorar o dia "Mundial da Árvore e da Poesia", as turmas do 8.º A e 8.º B, desenvolveram uma atividade que poderá ser vista no vídeo que elaboraram em conjunto.
 

As docentes responsáveis pelo Projeto África informam que a partir do dia 23 de março de 2022 terá início a última fase deste projeto que consiste na recolha de material escolar. Assim, solicitam ao pessoal docente e não docente, aos alunos e encarregados de educação que façam as suas doações de material escolar (canetas, lápis, borrachas, cadernos, entre outro material escolar de pequeno porte) e o depositem na caixa que se encontra no piso inferior do pavilhão zero junto à cabine telefónica até ao dia 31 de março.
 
 A equipa coordenadora

No passado dia 16 de março de 2022 realizou-se na nossa escola a Conferência/ ação de sensibilização sobre direitos e deveres do consumidor, denominada “Seja um consumidor informado!”, que contou com a presença da Dr.ª Cristina Silva, em representação da Direção de Serviços do Consumidor.

Os participantes foram interventivos a colocar as suas dúvidas e demonstraram agrado acerca dos temas que foram abordados.

Agradecemos a tod@s os que participaram nesta iniciativa.

As professoras dinamizadoras da atividade.

Marsília Abreu

Susana Corriça

No passado dia 9 de março, na Sala do Futuro, as turmas do 7.º B e 7.º C tiveram a oportunidade de viajar em vários países da Europa através dos óculos de Realidade Virtual, utilizando a app “Sites in VR”. Esta atividade foi realizada em parceria da professora de Geografia, Lina Melo com a monitora do Clube de Informática Marlene Neves e está integrada na atividade do Plano Anual de Escola “A Tecnologia na Sala de Aula” bem como no projeto interdisciplinar “Eu e o Espaço”.

Através da app “Sites in VR”, os alunos visitaram vários locais e monumentos da França, Itália, Bélgica, Países Baixos, Alemanha Grécia entre outros, fazendo a localização dos mesmos no mapa político.

Ao longo da atividade, os alunos revelaram muito entusiasmo e interesse.

As docentes responsáveis:

Lina Melo

Marlene Neves

Frequentemente somos confrontados com contactos para a subscrição dos mais variados serviços. Mas será que temos conhecimento dos nossos direitos e deveres enquanto consumidores?

Assim, as docentes Marsília Abreu e Susana Corriça estão a organizar a conferência/ação de sensibilização sobre direitos e deveres do consumidor, denominada “Seja um consumidor informado!”, destinada aos encarregados de educação, que contará com a presença da Dr.ª Cristina Silva, representante da Direção de Serviços do Consumidor.

Para sermos cidadãos mais informados gostaríamos de convidar também todo o pessoal docente e não docente a assistir, no próximo dia 16/03/2022, pelas 18:30h, na sala de sessões com a duração aproximada de 60 minutos.

Contamos com a sua presença!

Faça aqui a sua inscrição até ao dia 15 de março.

O Clube de Informática da EBECL realizou uma exposição intitulada “Carnaval Digital”, que esteve encontra patente no dia 4 de março, no piso superior do pavilhão zero.

Nesta exposição forma apresentadas um conjunto de atividades, nomeadamente:  visionamento de máscaras de realidade aumentada (através da aplicação Quiver Masks); jogos interativos (sopas de letras e jogo de pares); um casal de robôs dançarinos (robôs Spike); animação do palhaço através da mudança de trajes (através do Scratch); jogo “Apanha os Palhaços” (vencedor da Feira Tecnológica 2020, na categoria de Clubes – segundo ciclo); jogo “A mão engraçada” (através da programação da placa Micro:bit); mensagem de Carnaval (através da programação em Arduíno); Moldura do Palhaço (através da programação de leds através do Arduíno); Animação de um anel de leds e criação de uma animação de um dançarino (através da programação da placa Micro:bit).

Vários alunos, professores e funcionários puderam participar nesta atividade, tendo sido um momento de diversão.

A monitora do Clube agradece a todos os envolvidos nesta atividade.

A monitora do Clube de Informática

Marlene Neves

Encontra-se a decorrer, de dez a vinte e seis de fevereiro, a exposição de trabalhos de São Valentim, realizados, pelos alunos do segundo ciclo, no âmbito da comemoração da festividade na disciplina de inglês. A mesma contempla dedicatórias dos alunos a alguém especial, incluindo os seus animais de estimação.

Os discentes empenharam-se nesta iniciativa e ficaram felizes por poder partilhar os seus trabalhos com a comunidade escolar.

O conselho da disciplina de Inglês, 2.ºCEB

Parceiros Institucionais