Reinterpretação de uma obra de arte de alguns artistas das vanguardas do século XX

Os Alunos do 9º AB1 e AB2 (finalistas) da nossa Escola brindaram-nos com uma Exposição de Trabalhos realizados na Disciplina de Educação Visual. Estes Trabalhos refletem o percurso feito (foram três anos no 3º Ciclo) que agora finda, com as diferentes abordagens que fizeram de modo a compreender e distinguir o (s) conceito(s) de Arte no sentido amplo e no âmbito da expressão, tendo em conta os diversos contextos: histórico; social e político e a personalidade e sentir do Artista inserido na sua época e no movimento artístico a que pertenceu.

Assim foi-lhes colocado o desafio de recriarem/reinterpretarem uma obra e artista a escolha destes, e assim surgiram outras “OBRAS”. E eis que não existe …ismo ou tendência artística para poder identificar, definir ou caracterizar a nível formal, temático ou manifesto comprometedor deste movimento, diríamos que é mais uma forma de fazer conhecimento! Sim, e isto é verdade pois nesta exposição está patente que a reinterpretação/recriação de uma obra de Arte é como atrás foi dito uma forma de conhecimento e também de criatividade, portanto não se deve ler a reinterpretação/recriação como uma cópia, mas sim como uma interpretação sustentada na ideia de uma outra interpretação; de um outro modo de ver e de sentir. Reinterpretar ou recriar uma obra pode ser e é um excelente exercício artístico e de aprendizagem. Para concluir convirá dizer que cada Obra de Arte e também qualquer Escola tem uma vida própria, o que nós temos que fazer é deixar que ela apareça!

Clique aqui para aceder à galeria de fotos.

A professora

Luz Pereira

Parceiros Institucionais