Semana das Atividades do Ensino Recorrente “Do Estreito para o Mundo”.

Entre os dias 15 e 17 de maio de 2019, decorreram as Atividades do Ensino Recorrente denominadas “Do Estreito para o Mundo”.

No dia 15 de maio de 2019, decorreu o Peddy Paper, atividade em que os formandos, munidos da sua força física e mental, percorreram vários locais próximos da escola e dentro da escola para poderem completar as etapas desta prova. Cheios de energia e entusiasmo, todas as equipas conseguiram completar a sua prova. A equipa campeã foi a equipa “Sempre a abrir”, da turma EFA 1.º SA, mas o mais importante foi que esta atividade permitiu fortalecer o espírito de grupo e promover uma competição saudável entre todos os participantes.

No dia 16 de maio de 2019, os formandos tiveram a oportunidade de participar na Palestra “Agricultura de Precisão”, dinamizada pelo docente Lúcio Elawar, sendo que os formandos adoraram tudo aquilo que puderam experienciar e vivenciar. Nesse mesmo dia, foi, ainda, possível, o visionamento do filme “Que mal fiz eu a Deus?”, uma comédia sobre preconceitos e expectativas sociais, escrita e realizada por Philippe de Chauveron. Além da mensagem importante que o filme pretende transmitir, foi também um momento de descontração e de umas boas gargalhadas.

No dia 17 de maio de 2019, foi realizada a Mesa-redonda “Ensino Recorrente: oportunidades e desafios”, onde pretendeu-se que os participantes pudessem conhecer os testemunhos de alguns ex-alunos, ex-formandos e formandos desta escola relativos à sua experiência pessoal e profissional, aliada à frequência de cursos do Ensino Recorrente. O moderador desta Mesa-redonda optou por, na introdução e na conclusão desta atividade, realizar pequenas atividades inovadoras, utilizando a aplicação informática Mentimeter, onde todos os participantes acabaram por participar de forma muito ativa e interessada na Mesa-redonda, respondendo a questões com o telemóvel, cujas respostas surgiam de imediato na tela de projeção. Foi uma atividade engraçada, enriquecedora e bastante atrativa.

Para finalizar a semana, decorreu o Convívio Gastronómico “A comer é que a gente se entende”, onde pudemos provar várias iguarias típicas da Madeira e conviver como uma verdadeira família.

Agradecemos a todas as pessoas que permitiram a concretização de todas as atividades: Conselho Executivo, pessoal docente, pessoal não docente, formandos, ex-formandos, ex-alunos e convidados.

Clique aqui para ver algumas fotos das atividades.

Parceiros Institucionais